Como as terapias integrativas auxiliam na prevenção e tratamento das doenças físicas e mentais

Você já ouviu falar em terapias integrativas? Sabe que elas podem auxiliar você a ter mais qualidade de vida, promovendo a prevenção e o tratamento de diversos tipos de doenças? Leia para conhecer informações sobre o assunto.


Doenças físicas, mentais e emocionais


Quando citamos doenças físicas, mentais e emocionais no título deste artigo, queremos dizer aquelas como depressão, estresse, ansiedade, insônia, síndrome do pânico, medos, traumas emocionais, problemas de autoconhecimento e também doenças crônicas, como hipertensão e diabetes.


Você sofre com algum desses males? Conhece alguém que passa por uma ou mais dessas situações? Saiba que as terapias integrativas podem ajudar!


O que são terapias integrativas


Terapias (ou práticas) integrativas complementares são tratamentos que se utilizam de recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais.


Elas servem tanto para prevenir doenças quanto para o tratamento, como citamos acima. E o melhor: são integradas à medicina tradicional, trazendo ainda mais resultados ao paciente. Aliás, é fundamental que seja sempre assim, que o atendimento aja de modo complementar, não restrito à terapia integrativa.


O SUS, Serviço Único de Saúde, possui atendimento à população para 29 terapias integrativas, desde a atenção básica, ou seja, a porta de entrada.


Brasil é referência mundial


Antes de entrarmos no assunto do título, informaremos mais um ponto interessante, para você que não conhecia as práticas integrativas complementares (PICs): o Brasil é referência mundial nessa área, na atenção básica.


Sendo assim, somos modelo no mundo todo, no que se refere à prevenção de doenças e também alívio dos sintomas pelas terapias integrativas.


Como as terapias integrativas auxiliam no tratamento das doenças


Introdução feita, é hora de explicarmos como as terapias integrativas podem auxiliar na cura de doenças físicas, mentais e emocionais. Vamos lá?


São vários os procedimentos realizados nas PICs, e abaixo os mencionaremos, bem como seu modo de atuação para alívio dos sintomas e tratamento que visa a cura. Confira.


- Barra de Access: por ela, o paciente pode romper pensamentos, emoções, ideias, condicionamentos, atitudes e crenças que o limitam, registrados em qualquer ponto de sua vida.


- Reiki: pela imposição das mãos no corpo do paciente, é canalizada a energia vital. Assim, a pessoa se sente mais relaxada e com corpo e mente equilibrados.


- Thetahealing®: é um reencontro com sua essência. É uma das mais poderosas técnicas de cura energética e transformação pessoal. Dentre vários benefícios, ela te ensina a identificar e liberar crenças e padrões que te impedem de ser feliz.


- Radiestesia: funciona na forma de captação da energia cósmica (também chamada Prana, Ki, Chi etc.), que é a energia de vida universal que banha nosso planeta. Ela penetra no ápice da nossa cabeça, pelo chakra coronário, e se distribui pelos chakras restantes do corpo humano.


- Massagem terapêutica e relaxante: além de receber uma massagem terapêutica e relaxante, que é muito prazeroso, o paciente que faz esta terapia integrativa tem suas dores e tensões musculares trabalhadas, eliminando toxinas e bloqueios. São utilizados óleos aromáticos para essa desintoxicação.


- Florais de Minas: pela utilização de essências florais, o paciente conhece um caminho de superação de queixas e auto-observação. Esses florais são tomados entre as consultas, e propiciam o equilíbrio para doenças mentais e emocionais, sempre com fórmula personalizada para cada pessoa.


- Constelação Familiar: para fechar nossas explanações sobre como as terapias complementares podem ajudar você na cura de doenças, mencionamos a prática Constelação Familiar. Por ela, o paciente pode identificar e tratar problemas pessoais pela representação das constelações familiares. É ideal para casos de bloqueios emocionais.


As terapias integrativas podem ajudar você e sua família


Como citamos aqui, as terapias integrativas podem ajudar você e sua família no quesito qualidade de vida, pela promoção da cura para doenças físicas, mentais e emocionais. Não citamos todas, porque são muitas, mas você pôde perceber como algumas delas agem para tratamento e prevenção de males.


Apesar de seu nome não ser muito conhecido, as práticas complementares já são realidade há vários anos, e inclusive o tratamento pode ser feito de forma gratuita, pelo Sistema Único de Saúde. Por exemplo: falar em terapia integrativa pode ser incomum, mas em Reiki é mais fácil, não é mesmo?


Sendo assim, as práticas complementares podem auxiliar você e sua família na busca por mais qualidade de vida, bem-estar, alívio de sintomas de problemas que os incomodam há muito tempo, sempre em complementação com a medicina tradicional.


Esse é um ponto muito importante, que vale a pena ser ressaltado: jamais pare de utilizar o tratamento prescrito pelo médico, optando apenas pela prática integrativa. Os métodos são complementares, e juntos trarão a melhora que você tanto procura.

14 visualizações

Saiba primeiro das novidades!

Lhe avisaremos por e-mail sobre palestras, cursos, agenda de atividades, informações sobre as Práticas Integrativas, bem estar, autoconhecimento e muito mais. Descadastre quando quiser!

IPIS - Instituto de Práticas Integrativas em Saúde

CNPJ: 24.985.463/0001-18

Av. Vital Macedo, 326 - Uberlândia, MG CEP 38400-290

Tel: (34) 9 9791-0144, ipisinstituto@gmail.com

Redes sociais: @institutoipis

©2023 by IPIS.

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Youtube Preto